Estudo científico comprova que pensamentos positivos melhoram a sua vida
Não é auto-ajuda: estudos científicos no campo da biologia, psicologia e filosofia apontam que evitar pessoas e pensamentos negativos tornam a vida realmente melhor.
Não é auto-ajuda: estudos científicos no campo da biologia, psicologia e filosofia apontam que evitar pessoas e pensamentos negativos tornam a vida realmente melhor.

Créditos do fotógrafo Reprodução

Hebert Neri Por Hebert Neri 24/05/2018
    Compartilhe:

Quantas vezes muitos de nós já deparamo-nos com situações onde parece que estamos cansados, sobrecarregados, mas não por causa de esforço físico ou fadiga mental. Quem nunca sentiu-se em um ambiente “pesado”, carregado? Agora, essa sensação de “carga negativa" pode ser comprovada cientificamente, para além da intuição. 

Um estudo realizado pela Universidade de Bielefeld, na Alemanha, sob a tutela do professor Olaf Kruse, comprovou que as plantas alimentam-se da energia de outras plantas que estão ao redor. De acordo com a pesquisa, os corpos físicos dos vegetais não apenas realizam a fotossíntese, mas também funcionam como esponjas que absorvem a vibração energética ao redor. 

Outra pesquisa realizada sobre o tema, pela psicóloga e terapeuta Olivia Lee Bader, demonstra que o mesmo acontece com seres humanos. As pessoas são influenciadas pela energia de quem está ao redor, e isso explica, por exemplo, porque alguns sentem-se mal em determinado grupo, mesmo que não conheçam aquelas pessoas: “O corpo humano é muito semelhante a uma planta, que suga e absorve a energia necessária para alimentar o seu estado emocional, dependendo das suas necessidades”, explica a psicóloga.

De acordo com os pesquisadores, o mesmo que acontece conosco, seres humanos, se dá com a eletricidade, as ondas de rádio, a internet, o telefone, o vento, e todas as fontes de energia e comunicação que existem. Para que elas funcionem, é necessário um receptor”. Ou seja: a energia existe o tempo todo e em todo lugar, mas só produz efeito quando há uma conexão entre emissor e receptor.

E como se prevenir de ser um “receptor" de más vibrações e energias ruins? Para o filósofo Fabiano de Abreu, autor do livro “Viver Pode Não Ser Tão Ruim, que trata também deste tema, a solução parte de cada um de nós: É preciso agarrar-se às coisas boas da vida, e perceber que a sua vida é boa. Criar metas de felicidade, metas de coisas que te agradam, programar coisas que te agradam e lembrar-se delas nos momentos ruins. E até mesmo perceber que reclamar pode ser um vício ou um "caguete" que deve ser controlado. 

Outro princípio já demonstrado pela ciência é a Lei da Atração, que diz que atraímos para nós mesmos tanto coisas boas como ruins, a depender do que pensamos e declaramos: "Há pessoas que reclamam demais. Isso atrai uma energia e personalidade negativa para o indivíduo, inclusive aos olhos das pessoas do seu convívio.

As pessoas buscam a plenitude da felicidade, essa é uma busca constante, ou seja, conviver com pessoas negativas não é interessante para ninguém. Devemos policiar as 'reclamações' para que sejamos agradáveis perante aos outros”. Conclui Fabiano de Abreu.

Comente com o facebook

Publicidade