Produto químico usado nas batatas fritas do McDonald’s pode acabar com a calvície
Cientistas da Universidade Nacional de Yokohama, no Japão, garantem que um produto químico usado nas batatas fritas do McDonald’s pode curar a calvície e fazer o cabelo crescer
Cientistas da Universidade Nacional de Yokohama, no Japão, garantem que um produto químico usado nas batatas fritas do McDonald’s pode curar a calvície e fazer o cabelo crescer
Redação Por Redação 06/02/2018
    Compartilhe:

Uma equipa de cientistas da Universidade Nacional de Yokohama, no Japão, acredita que um químico encontrado nas batatas fritas do McDonald’s pode promover o crescimento de cabelo e, inclusivamente, curar a calvície.

De acordo com a Sábado, o químico é o polidimetilsiloxano, que é acrescentado às batatas fritas do McDonald’s para que estas, quando são fritas, não façam espuma no óleo.

Quando testado em ratos de laboratório, este químico promoveu o crescimento de pelos em regiões como as costas e as cabeças dos animais. Alguns testes que a equipa posteriormente realizou comprovam que esta terapia poderia ser aplicada em pessoas que sofrem de calvície, apontando os resultados como positivos.

Ao Daily Mail, o professor Junji Fukuda, da Universidade Nacional de Yokohama e um dos autores do estudo, que vai ser publicado na edição deste mês da revista Elsevier, explicou que esta descoberta pode ser significativa para milhões de pessoas em todo o mundo que sofrem deste problema.

Em laboratório, a equipa de cientistas japoneses conseguiu produzir folículos capilares(hair follicle germs – HFGs) pela primeira vez através deste químico. “Esperamos que esta técnica ajude a melhorar a terapia regenerativa do cabelo humano”, disse Fukuda.

Comente com o facebook

Publicidade